quinta-feira, 4 de março de 2010

A MAIOR DAS LUTAS

A equipe Hispania nasceu hoje em Murcia, mas será oficialmente reconhecida pela FIA como HRT, numa bizarrice tão grande e misteriosa quanto toda a confusão que cercou o time nos últimos dois meses. As incertezas cessaram quando Bernie Ecclestone costurou uma solução com José Ramón Carabante que trouxe Colin Kolles para assumir o comando do barco. O primeiro passo foi dado: uma dupla de pilotos, um carro, uma apresentação. Agora é empacotar tudo e mandar para o Bahrein.

A
luta pela sobrevivência vai começar . Conversei com Bruno Senna que, depois do que passou em meio a confusão, não a hora de colocar a mão na massa, até porque, sempre realista e com os pés-no-chão, sabe o tamanho da tarefa que vai enfrentar. Mas é interessante sua colocação quanto ao futuro da equipe, dizendo que vai dar para saber se o time corre até o final do campeonato... no final do campeonato!

Na
seqüência, Bruno coloca atentamente que um bom início seria ótimo para garantir um futuro sólido para a equipe. , a bola é passada para o carro da foto acima. Se o carro da Hispania (que lembra em alguns aspectos os Dallara da Indy, em outros o VR01 da Virgin) tiver nascido bem, o time pode andar logo de cara junto de Lotus e da citada Virgin, que é o objetivo mínimo - e seria um grande feito por si só.

Quebras
e um aprendizado difícil estão na agenda das primeiras corridas. Mas com o experiente belga Jacky Eeckelaert no comando da equipe técnica e com a presença de Geoff Willis, o time tem o material humano necessário para fincar o na categoria e estar correndo no ritmo da música no encerramento da temporada, em Abu Dhabi.

Chegando
, terá vencido a maior das lutas da temporada. Já a de Bruno é a de correr para si e mostrar serviço. Bem ou mal, ele chegou na Fórmula 1 e isto é o que imporarta. As pessoas influentes da categoria vão saber avaliar sua performance de acordo com o equipamento que ele tem.

Não
faltarão estórias interessantes no GP do Bahrain.

16 comentários:

Bruno A. disse...

Pneu dianteiro direito tá montado virado.. =P

Marcelonso disse...

Ico,

Inicialmente tudo apontava para que essa fosse a melhor das novatas,o envolvimento da Dallara na fabricação,Campos já tinha uma boa experiencia como dirigente,etc.
Mas o que se viu foi um descaminho sem tamanho,no fim costuraram um acordo e fez-se o carro.

Mesmo com esse pessoal que conhece,a equipe vai penar muito,e tenho minhas duvidas que aguente até o final do ano,infelizmente.

abraço

Luis Claudio disse...

Essa pintura é uma das mais feias que eu já vi, mas... até que gostei, não sei por quê.

Smirkoff disse...

A pintura do carro já mostra quem manda na equipe: é uma versão F1 das pinturas da Kolles Racing no DTM e na Le Mans Series. Acho que deve estar na cabeça do Colin Kolles sobreviver a 2010 para tentar um acordo com a Audi em 2011 ou 2012.

CelsoAM disse...

Haha.. o comentário do Luis Claudio foi engraçado.. eu concordo! é feio mas a cor faz lembrar um caça talvez.. (tipo o Reventon?). Parece um carro forte ou tanque de guerra. Bom para quem deve lutar bastante durante todo este ano, como bem disse o Ico..

Timbó Deliberali disse...

Oi Ico. Vi algumas imagens do carro neste vídeo no Youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=jc6Fxq6noaU

E me parece que o carro tem umas solução interessante quanto ao tanque de combustível, já que parece que a distância entre eixos se equivalem muito aos carros da Renault, ai te pergunto: Será que os motores Cosworth estão com baixo nivel de consumo?

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Smirkoff, eu posso estar enganado, mas nao ponho fé nessa idéia de juntar o time a Audi. Independente da relacao com o Kolles, uma montadora do tamanho da VW teria opcoes em que um investimento faria bem mais sentido caso quisessem entrar na F-1. Mas vamos aguardar os acontecimentos, né?

Timbó, acho que nem a Cosworth já sabe profundamente como anda o consumo por lá, pois só testaram no frio. Mas, pelo q ouvi, nos testes ele esteve bem, dentro do esperado. Quanto ao entre-eixos, nao deu para comparar. Mas do jeito q a Renault foi mal em BCN, quem tá com entre-eixos curto vai penar em pistas com curvas de alta.

Abs!

Marcos Antônio Filho disse...

ico, achava até que a HRT passaria vergonha, mas citou gente que entende do riscado. Só que não dá pra fazer milagres, quebras e voltas de diferença pro líder previstas nessa longa temporada pro Chandhok e Senna...

Vandilson disse...

Num sei não ! com essa traseira parecendo "mais curtinha, digo estreita" a lá Ferrari... será que anda???
Outra parece que estão esperando, temendo superaquecimento, as entradas de ar dos freios (frente e de trás) e do motor é cada "BOCÃO".
Há, quanto ao pessoal que entende do riscado, é uma boa, parece que já sai na frente da Virgin, agora será que não vão sofrer do mesmo mal, peças de reposição no começo, demora pra repor o carro a pista;

Anselmo Coyote disse...

Olha o carro-origami aê, gentchêee!!

Anônimo disse...

Leandro Briese


A HRT tem um material humano excelente, típico de equipes sérias: Jacky Eeckelaert, Geoff Willis... além do próprio Bruno Senna e mais a Dallara por trás. Que pena que não puderam fazer uma pré-temporada.

Ico, só tenho uma dúvida quanto ao Colin Kolles. Já li por aí, comentários desabonadores do seu caráter...Seria ele mais um "Flávio Briatore" do esporte?

Caíque Pereira. disse...

Ico,
A impressão que me dá é que o carro parece uma Maquete e está sem o Motor, só chassi e carenagem. O coletor de ar para os freios é ridículo.
Não acho que a equipe é grandes coisas em matéria de GENTE: o Kolles não fez absolutamente NADA na F1 (Jordan já acabando,Spyke, Midland e Force India) Jacky Eackeleart... o que fez de bom??? e o Geoff Willis, que seria o único bom é apenas um Consultor.
O carro parece que está moldado em Epoxi/ Araldite.
O Bruno se mostrou muito infeliz ao não tentar de maneira forte a Force India, que atualmente está num estágio bom e carrega um Motor Mercedes e além disso sua assessoria insiste na mentira de dizer que: a) não era piloto pagante ...e agora b) está levando patrocínios, mas vai receber salário...carac, só recebe salário se for fora-de série, coisa que ele e vários outros que entraram agora não são.

Mauro disse...

A glenda kozlowski abacou de chamar a equipe de Hispânia mesmo. pelo visto nesse caso não vai ter papagaiada

Herik disse...

Carro feito de Durepoxi... Mas se recebesse uma pintura decente ficaria belo, pois é dos de melhor desenho da temporada.

Anônimo disse...

CelsoAM, você foi muito feliz na colocação de Tanque de guerra, pois o próprio Bruno Senna disse que as peças do carro são de metal e não de aço carbono, tornando o carro nada mais que 20 quilos mais pesado do que os outros. Devem perder por volta de meio segundo para as outras equipes.

Espero que eles consigam logo peças novas, senão esse carro vai levar umas tres voltas dos líderes já no Barhein.

Abraço a todos.

Paulo Santos/RJ

Ricardo disse...

O carro tá pesado, lento e ainda por cima feio - o mais feio da atual temporada... esse cartoon resume tudo: http://u.nu/9q6k7