sexta-feira, 5 de março de 2010

AINDA DESCALÇOS

A FIA mudou silenciosamente um parágrafo dos seus estatutos que exigia que um novo fornecedor de pneus se inscrevesse na entidade reguladora um ano antes do que começaria a trabalhar na Fórmula 1, o que seria no dia 1° de janeiro desse ano. Nos bastidores, as opções vão rareando. Goodyear, Kumho e Hankook deram uma resposta negativa – e a Michelin parece cada vez menos improvável pela demora para se decidir. A saída pode ser... quem está de saída! A estratégia atual da FIA é tentar convencer a Bridgestone a ficar no ano que vem. Mas os japoneses vão gastar 70 milhões de Euros neste ano e não parecem muito inclinados a aceitar a proposta. A novela vai continuar por mais um tempo.

13 comentários:

Daniel Médici disse...

A crise dos pneus é só mais um resultado da administração patética praticada pela FIA na última década e meia...

Williams Gonçalves de Farias disse...

F1 tá regredindo por pura administração... a FIA deveria ir no SEBRAE tomar uns conselhos sobre gestão.

Juliano disse...

Tio Bernie, tenho uns pneus BS Colway baratinhos, se quiser me liga. Beijos na filhota Tamara. hehehehe

Klauss disse...

É... A Fórmula 1 ainda vai voltar na marra aos anos 60 se quiser sobreviver desse jeito.

Mas é aquela coisa: não dá pra subir e ficar no auge eternamente! Afinal, F-1 é um esporte que surgiu ligado à economia. Uma hora o mercado dá um jeito, oras!

Anônimo disse...

Ico, o que estamos vendo é que dinheiro começa a custar dinheiro, desperdicio só a FERRARI até quando?

Bruno Galhardi disse...

Oi Ico

Só uma correção besta nos nomes das empresas fabricantes de pneus: Kumho e Hankook, e não "Khumo e Hancock", como escrito aí no blog.

abs!

Delta Alfa disse...

Seria tão simples pagar pelos pneus e manter a Bridgestone...

...seria se n fosse a ganância de alguns dirigentes cegos.

Anselmo Coyote disse...

Ico,

Uai... tenho quatro pneus michelin 175/70/13 meia vida (estavam num Kadett). A data de validade expirou, mas para quem está perdido qualquer vereda é caminho. Tenho também dois da Defender 90, 70/30, com 1/5 de vida e semana que vem terei 4 do Fox, aro 15, com 1/4 vida. Até outubro deverei ter 4 do Honda Civic, aro 16, também com 1/4 de vida.

Os desgastes são aproximados, ok!

Se o tio Bernie quiser negociar é só ligar pra mim.

Obs. I. Não ligue a cobrar.
Obs. II.Não aceito cheque.

Abs.

Williams disse...

Eu sei que o foco do blog é a F1, mas ICO, você deve ter visto os projetos para o novo carro da F-Indy em 2012... cara, faz uma análise aí dos concorrentes?! Tem 5 projetos parece... e tem uns bem sinistros! Tem um que parece o Batmóvel!

Abs

pedro leite disse...

Será que não podem usar pneus recachutados???

Um forte abraço;

Pedro Leite

Marcelonso disse...

Ico,


A saida vai ser pagar pelos sapatos,esses caras tão mau acostumados,querem tudo na faixa!

abraço

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Concordo com vcs: ou a FIA arruma maneira de subsidiar uma parte dos gastos do fornecedor, ou vai ter um belo abacaxi para descascar. Mas o regulamento tb poderia ser melhorado. O que jogam de pneus pouco utilizados no lixo no final da sexta depois q as equipes dispensam alguns jogos é uma grandeza.

Bruno, valeu pelo toque das grafias, corrigido.

Abs!

Ron Groo disse...

Ico... Me responde uma coisa...
Eles fornecem os pneus de graça?
Cê disse que a empresa que esta lá agora vai gastar 70 milhões de dólares.. E retorno? não tem nada? Só dá prejuízo?
Se for assim ninguém vai querer mesmo.