quarta-feira, 26 de maio de 2010

FERRARI, 800

O GP da Turquia acontece com a efeméride do 800ª participação da Ferrari na Fórmula 1. O momento é para celebrar, mas os motivos da Scuderia para isso são limitados. A equipe vai bem melhor em 2010 do que no ano passado, mas ainda corre atrás da excelente forma da Red Bull e a última temporada que realmente dominou já aconteceu há algum tempo, em 2004. Apesar dos recentes títulos de Pilotos e Equipes em 2007 e o de Equipes no ano seguinte, o time ainda não reencontrou o caminho do sucesso na era pós-Schumacher/Brawn/Byrne.

Mas é um time que merece toda reverência do mundo, pelos capítulos de sucesso já escritos e por amar e se dedicar à Fórmula 1 desde o berço da categoria, duas histórias que se complementam e se confundem. Aproveitando a data, confira a lista aí do lado e escolha três opções: quais os grandes pilotos dessa trajetória? Vote na enquete e deixe aqui seus comentários. No domingo, a gente faz um balanço dos vencedores, que vão formar um baita de um pódio histórico.

(Foto reprodução Internet)

21 comentários:

Leonardo disse...

Ico, sobre o GP da Turquia.
A Ferrari estava sendo a 3a equipe em circuitos de curvas mais de alta, como Istambul.
A Ferrari tem alguma novidade quanto a isso?

Além disso o Massa estava tendo problemas com pneus mais duros, qual pneu vai ser usado em Istambul?

Queria ter uma noção sobre o equilibro de forças entre Mclaren e Ferrari nesse circuito e acho que esses são os pontos cruciais nisso.


Abraços e parabens pelo excelente blog

RafinhaDias disse...

Essa me parece fácil:
Em ordem

1°) Gilles Villeneuve
2°) Michael Schumacher
3°) Niki Lauda

Renato Sedano Onofri disse...

1) Alain Prost
2) Niki Lauda
3) Infelizmente, Schuchummy.

REINALDO DE OLIVEIRA PEREIRA disse...

Não há como discordar... Fecha a conta e passa a régua.
"Essa me parece fácil:
Em ordem

1°) Gilles Villeneuve
2°) Michael Schumacher
3°) Niki Lauda"

Fabrício Martins Tavares disse...

Ico: votei em Fangio, Lauda e Schumacher. Me chama a atenção o fenômeno que é o Villeneuve. Já fazem quase 30 anos que faleceu. Muitos não o viram correr. Ele teve apenas seis vitórias na F-1. E mesmo assim tem um cartaz enorme. Com certeza o seu arrojo, a velocidade pura e a coragem de sua pilotagem, dando shows nas pistas, fazem-no ter muitos fãs. Mas daí a dizer que foi um dos três melhores pilotos da Ferrari em todos os tempos acho um exagero. O quê você pode comentar sobre isto?

wolf disse...

Da história da Ferrari?
Tem uns 10, escolho seis:
Alberto Ascari e Juan Manuel Fangio nos seus primórdios.
Gilles Villeneuve e Alain Prost na sua idade média.
Michael Schumacher e Fernando Alonso na idade moderna.

foca disse...

olas,
mas que lista bisonha. cadê o piquet e o senna?

fernando disse...

Que isso? Deixar o Ascari de fora dentre os 3 maiores? Sem chance.

wolf disse...

fernando: pela história e pelo que ouví e lí dos primoórdios e pelos 5campeonatos do argentino a os 3 melhores da Ferrari de todos os tempos seriam: Ascari- Fangio e Schumacher.

Ituano Voador disse...

Ico, meu voto é: Ascari, Gilles e Schumacher. Mas pensaria com carinho em Trintignant, se ele estivesse na lista.
Abs.

Eduardo Gaensly disse...

Foca, leia antes!
Quando que Senna e Piquet correram pela Ferrari?

Agora.., escolher 3 no meio de tanta gente boa é complicada. Mas a galera votando no Massa e no Barrichello é só pq são brasileiros.

Anônimo disse...

Ico,

votei em:

1) Alberto Ascari - foi o primeiro campeão (e bi-campeão) pela Ferrari. Era um baita piloto - por tudo que a gente lê sobre ele - e, o pioneiro merece sempre ser 'saudado'...
2) Niki Lauda - conquistou seu primeiro título - em 1975 - tirando a Ferrari de uma fila de 11 anos sem títulos e de um dos períodos mais negros de sua história (pésimos resultado, quase falência, etc)!
3) Michael Schumacher - É inegável! Quer a gente goste ou não dele nunca pode ser esquecido numa lista desta pelo que fez à Ferrari, em termos de conquistas na pista! Afinal, 5 títulos de pilotos e 6 de construtores com a Ferrari é pra ninguém botar defeito...

Agora, se for para ser levada em conta a 'simpatia' por este ou aquele piloto, meus votos talvez fossem:

1) Mike Hawthorn - corria de gravata borboleta!
2) Clay Regazzoni - já chegou na Ferrari, em 1970, arrebentando e só não foi campeão com a Ferrari em 1974 porque... sei lá por quê!
3) Gilles Villeneuve - corria porque era um piloto de corridas. Era um piloto de corridas porque gostava de correr...

Detalhe: A rigor, Juan Manuel Fangio pilotou uma Lancia-Ferrari. Após a Lancia desistir da F1, em1955, o 'pacote' foi vendido à Ferrari... não era uma Ferrari 'puro-sangue'!!

um abraço
Renato Breder

PS: ficou um bocado grande o comentário... foi mal!

Alexandre Schulz, Guarulhos, SP disse...

Votei no Schumacher por tudo que ele conseguiu e no Gilles e no Von Trips por tudo que eles quase - ou não - conseguiram.

Ros disse...

Ico, algum motivo especial para Mansell não estar na lista? (e Arnoux e Alesi estarem?)

A propósito:
Ascari, Lauda e Schumacher.

Giuliano Gattino Furtado disse...

Ico
Escolher apenas 3 é quase uma injustiça. Desse rol de históricos pilotos, cada um teve a sua importância na sua época. O argentino Gonzales, o 1º vencedor, em 1951; o alemão e Conde von Trips, que faleceu na Itália e acabou com um vice póstumo, em 1961; o incrível Laudo, bi-campeão e um terrível acidente entre os títulos; Scheckter, que foi o último campeão antes de um longo jejum; Alboreto e Berger, pilotos-símbolos da Ferrari na década de 80. E claro, Prost, por ser quem era e Alesi, Barrichello e Massa pelo tempo de casa e dedicação; e claro, Fangio, o grande mestre, que foi campeão em 4 equipes diferentes.
Mas se é para escolher "apenas" 3, optarei por ASCARI, o único italiano campeão pela Ferrari e dono de números impressionantes; VILLENEUVE, por ter se tornado um ídolo em tão pouco tempo e por sua morte ter causado tanta comoção em quase todo o mundo; e, no alto do pódio, o SCHUMACHER, por tudo o que conquistou.

Abraços.
E excelente blog.

Joshué Fusinato disse...

Gonzales
Lauda
Villeneuve

Schumy? mesmo não gostando da pessoa dele, tenho que reconhecer que, como piloto, ele não pode entrar em nenhuma lista. ele é maior que todos.

tibone disse...

Villeneuve, Lauda, Prost.

Provavelmente.

Smirkoff disse...

Lauda e Schumacher, pela reconstrução que promoveram na equipe depois de épocas de crise, e Villeneuve, por ser o modelo de piloto que Enzo almejava. Ascari, Surtees e Berger, ou Ickx, eu colocaria na segunda posição. Faltaram na lista Mansell, que por breve período reviveu o estilo Villeneuve, e o "paciente neozelandês" Chris Amon, que não venceu na F1 mas dedicou-se bastante à equipe. Pra quem marcou Fangio, é bom lembrar que ele foi um ferrarista sem muito entusiasmo... ele só assinou com a Ferrari porque a Mercedes o deixou a pé; não se dava bem com o comendador e não gostava da D50. Ainda assim, foi campeão...

Ituano Voador disse...

O papel de Lauda na reestruturação da Ferrari foi ambíguo, a meu ver. Basta lembrar que ele atuou de forma decisiva para a Ferrari perder o título de 1974.

Rangel disse...

Não votei nos antigos porque sei muito pouco sobre eles (exceto Fangio, que não viveu seus momentos mais marcantes com a Ferrari). Então fiquei com Lauda e Schumi, pelas vitórias e pelas ressurreições que representaram, e Villeneuve, por representar melhor do que ninguém a paixão da Ferrari nas pistas. Duro é que eu não gosto do Schumacher, mas nem assim consigo tira-lo da lista: discutir com 5 títulos é de doer. hehehe

Alexandre disse...

Votei em Ascari, Villeneuve e Schumacher, e explico: foram pilotos que identificaram com a Ferrari, e não apenas grandes campeões que correram por lá, como Fangio e Prost, por exemplo. Pensei bastante em votar em Lauda, mas Ascari foi o primeiro campeão, Schumacher ganhou cinco títulos consecutivos por lá e Villeneuve, independente dos resultados, talvez seja o piloto que mais simbolize a paixão dos torcedores pelo time rosso.