sábado, 31 de julho de 2010

A MULHER, O TROFÉU E A VOLTA VOADORA

A Red Bull já havia demonstrado ao longo do final de semana que estava sobrando no circuito de Hungaroring. Mas a pole position de Sebastian Vettel deixou um ar de espanto no paddock: quatro décimos de segundo de vantagem para o companheiro de equipe, mais de um segundo à frente dos pilotos dos outros times e o giro mais rápido já registrado na história do traçado de 4.381 metros. Qual o segredo?

- Este circuito é muito traiçoeiro. É como uma mulher que não se comporta muito bem, não é fácil lidar com ela. Tradicionalmente, é preciso muita pressão aerodinâmica para se dar bem aqui. E isto é algo que nós temos – destacou o alemão.


Foi um sábado em que um talentoso piloto demonstrou a capacidade de extrair o máximo de um carro genial. Mas Vettel vai precisar de algo a mais no domingo. Afinal, ele largou em primeiro nas duas corridas anteriores. E não venceu nenhuma delas. Apesar de ser uma pista travada, o pole venceu em Hungaroring onze vezes em 24 edições disputadas. Melhor deixar as estatísticas de lado e se motivar por algo mais material:


- O GP da Hungria tem um troféu muito bonito, o mais bonito da temporada. É todo feito em porcelana e eu ainda não tenho um desses. Quero muito levá-lo para casa – disse Vettel.


Todos os pilotos destacaram a importância de uma boa largada. E quem sai do lado ímpar tem mais vantagem. Seria uma boa notícia para Fernando Alonso, 3º do grid. Mas o espanhol parece ter jogado a toalha na briga contra as “voadoras” Red Bulls.


- Tenho que terminar, não posso arriscar muito. Estou à frente das McLarens no grid e elas estão à frente na tabela, então tenho que pensar em tirar pontos delas. Um pódio já me deixaria satisfeito – resignou-se o piloto.

Em termos de estratégia, podemos esperar uma corrida pouco atribulada. A turma que larga na frente sai de pneus super-macios usados e deve parar entre as voltas 15 e 20. Os que saem logo atrás dos dez primeiros também devem adotar o mesmo composto, torcendo para o fato de seus jogos de pneus serem novos fazer uma diferença nas voltas iniciais.

Vai ser um pega prá capar durante elas. Depois, reforçem o café...

(Foto Luis Fernando Ramos)

4 comentários:

Ron Groo disse...

Ta ai... Gostei do motivo pelo qual Vettel que vencer a prova.
E todo mundo simplificando a coisa ao mais reles (porém importante) dos motivos: grana.

Por isto que as vezes penso que há mais, muito mais que mercenários nesta coisa de acelerar e fazer curvas.

Leonardo disse...

Dúvido que o Alonso não tente o bote na largada, Webber mesmo tendo um carro ótimo em mãos, vem meio desmotivado desde a corrida passada.
Uma boa idéia a de reforçar o café, rsrsrs, afinal depois da volta 20 por ai, dá até para tirar um cochilo.

Bruno disse...

Ico, tu pegou a mão de vez nas fotos hein!
Parabéns! esse pan do Vettel ficou ótimo!

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Valeu Bruno! Essa eu gostei também, deu até para aproveitá-la na edição de hoje do Lance!

Abs