sexta-feira, 31 de agosto de 2007

VALE A PENA APOSTAR EM MASSA?

Esta é a pergunta que eu faço, e tento responder, na minha coluna desta sexta-feira no GP Total. Leia e coloque sua opinião aqui!

12 comentários:

paulo santos - Rio de Janeiro disse...

Se for o Felipe Massa do Bahrein, Espanha e Turkia, incisivo, arrojado, concentrado, demolidor, já é campeão. Mas se for aquele da Hungria, tem que brigar pelo terceiro lugar, pois enquanto não errou, só nos deu alegria e colocou todos no chinelo.
Temos Monza e Spa pela frente. Teoticamente favorece a Ferrari, mas um bom piloto quebra a tradição e confirma que é bom. E bom ele e muito.
Forza Felipe

TP disse...

Nunca da pra esquecer a motivação extra que ele terá em interlagos, eu ainda acho que ele fica com o vice desse ano, quem leva pra mim é o Negão....

José António disse...

Boa tarde.

Como fui desafiado para elaborar uma lista de cinco blogs da minha preferência neste Dia Mundial do Blog resolvi colocar na lista o seu blog.

http://4rodinhas.blogspot.com/2007/08/off-topic-blog-day.html

Cumprimentos

Herik disse...

Penso que enquanto o Massa for qualificado como um piloto "da Turquia", "do Bahrein" e etc, será apenas um ótimo piloto com lampejos de genialidade.
Schumacher era um piloto de todas as pistas. Senna, Piquet e outros, assim como agora é o Alonso, são pilotos de todas as pistas. As más atuações em corridas foram excessões. No casso de Massa, penso eu, as excessões são as grandes corridas. O mesmo acontecia com Barrichello.

Anônimo disse...

Gostei da coluna Ico, o Massa é dos quatro o que chegou a categoria de forma mais bruta ,evoluiu muito ,isso deixa uma espectativa ,até quando vai essa evolução.
Mas admito ,dá impressão realmente que é o menos completo dos três atualmente ,com duvida em relação ao Kimi,que no meu entender só andou bem este ano depois das modificações na Ferrari ,isso pode ser uma vantagem para o Massa.
De qualquer forma ,nunca torci para um piloto só porque é o melhor ,ou odiar porque deixou a desejar.
E é prazeroso até, ver uma temporada como esta ,com quatro supervelozes cada um com sua particularidade.

Mas está dificil,cada GP agora é decisivo para a Ferrari.

Jonny'O

Fleetmaster disse...

Infelizmente ele tbm depende de infortúnio dos pilotos da Mclaren. Acredito que ele pode ser campeão do mundo.

Mario Bauer disse...

Sim, pr quem já foi mandado embora de tanto rodar e quebrar o carro, realmente evoliu de forma bruta...

Sinto, mas fora do Brasil o Massa não tem toda esta repercução. ele sofre do mesmo mal que a geração de Michael Schumacher demonstava a toda hora: Falta de desempenho máximo SEMPRE.

Mas sendo brasileiro, e com a Globo fazendo em termos de lavagem cerebral, seria até anti-patriótico não torcer por ele certo...? Me poupem, ainda bem que tenho mais que um passaporte.

Anônimo disse...

Só que tem uma coisa que não podemos negar: o cara esá fazendo por merecer essa oportunidade de correr pela Ferrari em condições de vencer campeonatos. Nada a ver com a Era Barrichello.

Lauda

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

José António, muito obrigado pela indicacao do meu blog! :-)

Legais os comentários, de fato existe o consenso de que ainda falta a Massa adquirir uma regularidade de boas performances (ou de maximizar os pontos nos dias ruins, como coloquei no texto).

O Mario citou um ponto interessante, este do ufanismo exacerbado global, que realmente é sem sentido nenhum e dá a impressao de constrangir as pessoas para torcer para piloto Y, vôlei de praia X, time Z, etc. O curioso é que muitos pilotos acabam influenciados por este tipo de pensamento (Barrichello e Massa entre eles) e se colocam uma pressao extra desnecessária. É só ver como os dois últimos campeoes do mundo, Schumacher e Alonso, têm uma relacao saudável com a própria nacionalidade (adoram ganhar a corrida de casa sim, mas isso nao é fundamental para a carreira deles, e sim os títulos).

Para encerrar, o tamanho da melhora do Massa pode ser medido no fato do mesmo homem que o demitiu em 2002 ter feito de tudo para que ele fosse para a BMW, e nao para a Ferrari, no final de 2005. Ninguém melhor para julgar isso que o próprio Peter Sauber.

Blog F1 Grand Prix disse...

Concordo com seu texto, Ico. Se, por um aspecto, Massa é o piloto mais frágil dos quatro, por outro é aquele que tem mais espaço para evolução.

Esta temporada foi a primeira em que ele esteve entre os candidatos ao título. Toda a experiência ganha ao longo do ano vai fazer a diferença no futuro.

Vamos esperar para ver.

Grande abraço!

Anônimo disse...

boa tarde Ico.

Li a mat�ria, e concordo em g�nero n�mero e grau.

Grande Abra�o.

Carlos Malfitani.

Dr. Risardo F. Caldas disse...

Concordo com a matéria, Ico. O Massa ainda pode evoluir e se evoluir no sentido de cometer menos erros e administrar situações adversas, tem condições perfeitas de ser campeão. Não acredito no título esse ano, mas se ele tiver outra oportunidade de brigar pelo título com a melhor equipe, com certeza vai ser difícil tirar o caneco dele, exceto se surgir um gênio à la Schumacher pra ser companheiro dele.